28 janeiro 2015

O que fazer quando um shampoo estraga o seu cabelo

Falem a verdade: quem aí já criou muita expectativa em cima de um produto que acabou te decepcionando? Todos nós, né! É inevitável, principalmente quando criamos o costume de ler o tempo todo sobre as novidades e soluções de beleza, já que é muito complicado o mesmo resultado do uso acontecer em pessoas diferentes.
 
E foi exatamente por isso que eu passei recentemente! Eu estava atrás de um shampoo bom e que não fosse tão caro para poder recuperar o meu cabelo que estava um pouco judiado. Li muitos posts sobre a marca Aneethun, até que finalmente encontrei um shampoo com a proposta reconstrutora. Não pensei duas vezes e trouxe pra casa!































O que aconteceu depois disso foi praticamente uma novela: cheguei em casa super ansiosa e já fui direto pro banheiro lavar a cabeleira, queria notar diferença nos fios logo de cara. E óbvio que isso não aconteceu! Mas eu também não esperava que meu cabelo ia ficar seco e espigado. Como eu nunca tinha usado um shampoo mais "caro" na vida (apenas as marcas de farmácia mesmo), eu achei que isso fosse o efeito pré-transformação hahahaha
 
Iludida da vida eu continuei usando o shampoo por mais algumas semanas, até chegar à conclusão que o produto realmente não fez bem pro meu cabelo. Talvez os meus fios sejam mesmo acostumados às coisas mais baratinhas!
 
Mas porque é que eu estou escrevendo isso aqui no blog? Pra espalhar pra todo mundo que entrar aqui que a Aneethun é uma marca ruim? Não! MUITO pelo contrário! Se ESSE shampoo não funcionou comigo, ele pode funcionar bem com vocês. E isso aconteceu com a minha irmã mais nova: assim que eu percebi que não tinha dado certo em mim, eu dei pra ela experimentar e a bicha adorou!
 
Outra "prova" que eu tive de que essa é uma marca boa: comprei duas ampolas de hidratação instantânea, que deixou meu cabelo muito macio e brilhante. Mas isso é assunto pra um próximo post.












E o que podemos fazer quando um shampoo reage mal em nossos fios, deixando eles ásperos e espigados? Seguem algumas dicas que eu coloquei em prática e funcionaram muito bem:
 
  1. A primeira coisa que eu fiz foi voltar para a marca que eu estou mais acostumada, e que sei que vai recuperar o normal do meu cabelo: no caso é a Trèsemme, e a linha Keratin Smooth.
  2. Aumentei a frequência de lavagem dos meus fios: por uma semana eu lavei em dias alternados.
  3. Hidratei o cabelo duas vezes por semana: uma vez com hidratação rápida (estilo 3 Minutes da Aussie ou Tratamento de Choque da Niely Gold) e outra vez com uma hidratação mais demorada em casa mesmo, usando um produto da minha preferência (nada de coisas novas para testar nessas horas).
  4. Acrescentei uma tampinha de Bepantol no meu creme de hidratação para potencializar os efeitos reparadores.
  5. Evitei usar secador de cabelo, chapinha e Babyliss por uma semana.

Deu pra perceber que todos os passos são coisas bem simples, mas as vezes nem nos tocamos que a chapinha diária também pode empacar a melhora dos nossos fios. Por isso precisamos ficar sempre atentar à como tratamos os nossos cabelos.
 
Espero que essas dicas ajudem vocês! Deixem um comentário contando alguma experiência ruim que tiveram com algum produto, e o que fizeram para reverter o problema. Beijos! 

Ei leitora! Ajude na divulgação do blog compartilhando e seguindo o De Tudo Um Tanto nas redes sociais:
APOIE O BLOG NAS REDES SOCIAIS 
Comentários
0 Comentários
Todos os direitos reservados. imagem-logo