08 setembro 2014

Óleos baratos e excelentes para hidratação capilar

Teve uma linda época na minha vida em que os meus dias se resumiam basicamente em hidratar o cabelo. Digo "linda" porque atualmente eu quase não lembro que tenho cabelo, de tão descuidados que eles estão. Mas calma, gente, não me julguem! Isso tudo é falta de tempo, e não de cuidado. Ando pesquisando várias dicas de recuperação dos fios e também tratamentos caseiros, já que faço parte do grupo de mulheres que tem um pouquinho (bem pouquinho mesmo) de preguiça de passar algumas horas no salão de beleza.

Um dia desses estava dando a minha passeada diária nos blogs que acompanho e dei de cara com uma dica ótima no Manteiga Derretida, ensinando a fazer umectação capilar. Já tinha ouvido falar da técnica superficialmente, mas nunca havia testado e nem sabia direito como fazer. Mas depois que li esse post fiquei curiosa e resolvi testar com azeite de oliva mesmo, igual a Flavinha fez.

Minha primeira impressão foi a melhor possível! E foi a partir desse momento que começou a nascer dentro de mim

Minha primeira impressão foi a melhor possível! E foi a partir desse momento que começou a nascer dentro de mim um tímido amor por óleos, desses que até então eu só usava como reparador de pontas. E hoje a minha vida mudou o sentido! #mariadobairro #dramática #dramaqueen



Nos últimos anos o mercado começou a bombar desses potinhos milagrosos que prometem restaurar a paz dos seus cabelos em poucas aplicações, segurando o efeito da chapinha e combatendo o frizz, além de outras diversas funções que todas as mulheres procuram. Só que muitas, assim como eu, não conseguem ver outras funções para esses produtos. Não tem mistério, gente, é tipo um coringa da beleza.
 
Então, além de uma seleção com algumas sugestões de óleos capilares com preços que cabem em todos os bolsos, trouxa também formas de uso para essa belezura a fim de ter os melhores resultados do mundo:
 
(1) Umectação capilar: Aqueça um pouquinho o óleo que será aplicado do cabelo (o azeite extra virgem proporciona ótimos resultados), mas é para esquentar só um tiquinho mesmo gente (no microondas por 10/15 segundos). Passe em todo o comprimento dos fios e deixe, revista com touca térmica e deixe agir por 30 minutos. Para as mais desesperadas pode dormir com o produto no cabelo e lavar no dia seguinte pela manhã.
 
(2) Reparador de pontas: Use um óleo de sua preferência após a escova/chapinha para selar as cutículas do cabelo e esconde as pontas duplas. Além disse ele proporciona mais brilho aos fios.
 
(3) Serum reparador: Após lavar o cabelo, com os fios ainda úmidos, aplique o produto de sua preferência e deixe secar naturalmente. Isso irá tratar e dar mais brilho ao cabelo, de forma mais natural e sem pesar muito.
 
(4) Protetor térmico: Atenção, existem óleos específicos para essa função. Se você passar qualquer um antes de secar o cabelo ou antes de usar a chapinha o efeito vai ser contrário, e o óleo vai fritar os seus fios igual uma manteiga frita o ovo.
 
Num primeiro momento ficamos bem espantadas só de pensar em colocar azeite de oliva na cabeça, né? Mas calma, dê uma chance dessa delícia mostrar que é também um bom aliado da beleza. Pelo menos uma vez por mês eu faço a umectação dormindo com o produto no cabelo, isso já dá uma boa aliviada na aparência estragada dos meus fios. Mas só esse passo não faz milagre, preciso mesmo é criar novos hábitos de cuidados.
 
E vocês, como fazem para mantes as madeixas saudáveis, brilhantes, com o mínimo de frizz possível e ficar com aquele cabelo de comercial de shampoo? Ou não fazem nada, igual em? Que vergonha de mim! hahahaha

Ei leitora! Quando as pessoas passam pelo blog, curtem o post e compartilham nas redes sociais isso ajuda na divulgação e crescimento do meu trabalho. Por isso, se você gostou dessa publicação, me ajude compartilhando esse conteúdo com suas amigas. Obrigada!

APOIE O BLOG NAS REDES SOCIAIS 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário

Postar um comentário

Todos os direitos reservados. imagem-logo